Desapego!?

9 05 2013

Desapego 1Hoje eu acordei mais cedo do que o normal, senti o dia triste, peguei o carro e sai para trabalhar, tinha algo errado. O dia estava frio e nublado… No som do meu carro, uma música toca não somente aos meus ouvidos, mas dentro de mim. Será que alguém já teve essa sensação? Uma música sem letras, apenas o som… Escaneei no Shazam, quero escutar novamente. (Beethoven’s 5 Secrets).

No trabalho foco total, melhor assim… A verdade é que não importa se você está feliz ou não, animada ou não, o tempo não para. O mundo continua a girar, as coisas continuam acontecendo.

Queria desligar essa máquina agora com o fechamento do mês concluído, mas logística tem dessas coisas, um depende do trabalho do outro, como uma cadeia, uma engrenagem… Mesmo assim, trabalhar com a Joana e com a Cidinha é prazeroso. É parceria, risos, descontração e muita, mas muita concentração. As coisas fluem melhor com essa sintonia, o trabalho rende…

No meu almoço, tive enorme vontade de escrever, mas cadê? Olhei para a página branca do Word e não conseguia delinear uma linha sequer.

Pensei sozinha com os meus botões, estou com vontade de escrever o quê? Pra quê?

Então, cheguei a conclusão de que escrevo, principalmente, quando quero tirar algo de mim, me desapegar… Talvez seja isso! Desapego… A palavra certa! Deixar de lado sentimentos ruins e pessoas também, as quais me fazem mal e que, mesmo assim, eu gosto e tento agradar.

Não esperarei tanto de alguém que eu não conheço, e nem de quem eu conheço, pois sei que as pessoas sempre nos surpreendem.

Estou segura de que eu me conheço. Talvez antes não me conhecesse direito. Assegurei de que consigo sozinha saber o que gosto ou não de fazer, sem precisar pedir a companhia de alguém. Não tentarei, não insistirei, não reclamarei, não jogarei, não me cansarei com quem nada quer.

Olharei também para o meu próximo e não só para mim, não permitirei egoísmos de minha parte.
Libertarei da minha mente tudo o que é escuro e sombrio. Liberarei perdão para aqueles que, por mim passaram e, me feriram de alguma forma. Não quero ter que, no futuro, me preocupar com isso!

Cobrarei menos de mim, menos padrão de beleza, corpo perfeito, cabelo impecável! Profissionalismo de ponta! Trabalhos 100% corretos… Cobrarei menos das pessoas também. Tentarei aceitar as minhas perdas, e enxergar que eu posso sim aprender com elas.

Seguirei meu sexto sentido, minha intuição, pois esses me provam a cada dia que não costumam falhar.

Escreverei mais, e sempre quando tiver vontade. Fazer o quê se isso sempre foi minha maneira de refugio!? Assim tudo ficará nessa tela fria do computador e não mais no meu coração. O desapego é difícil, um processo duro e árduo, mas que no final, valerá a pena!

Anúncios

Ações

Information

One response

15 05 2013
Raquel Silva

perfeito..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: