Beijinho no Ombro

3 04 2014

Beijinho no ombroApesar da incrível falta de assunto que me assolou nos últimos dias, somada à falta de tempo e de inspiração para postar coisas que meu senso crítico veta, mesmo não sendo lá tão ruins assim, o pulso ainda pulsa.
Houve um tempo em que tudo na minha vida era inspiração para postar. Se eu visse alguma coisa bacana, ficava querendo mostrar. Se eu aprendesse algo novo, queria dividir. Se eu pensasse algo bem legal, contava e se meu pensamento fosse bem complicado, vinha desembaraçar aqui.
Mas esse tempo passou. Sim, feliz ou infelizmente, não ando mais nesse ritmo. O que não significa em hipótese alguma que não tenha mais vontade de escrever.
Será que eu descompliquei? Será que foi a terapia?
Não, não foi nada disso. Foi uma falta de tempo, associada às mudanças da vida, somada com mais um não sei o quê, resultando no que tenho hoje, que é um blog sem postagens tão frequentes como antes, mas com o mesmo astral de sempre.
Claro que parar de escrever não tem lá tanta justificativa, já que faz parte de mim! E pra falar a verdade, eu odeio justificativas bloguísticas… Aquele papinho de que sumi, blá blá blá, mas voltei, blé blé blé … acho um saco!
Mas o fato é que o blog ficar parado também me deixa “malzona”. Eu sinto realmente falta de entrar aqui e contar as coisas, mostrar o que vi – mesmo que isso não seja a oitava maravilha do mundo – contar que estou em dúvida sobre alguma questão qualquer, que criaram um perfil falso com minha foto, meu nome, minha cidade, enfim… E tiveram a audácia de adicionar alguns amigos. (Cada uma que me acontece!)
Mas voltando ao assunto inicial, minha vida andava num ritmo que eu estava sem tempo e sem vontade de escrever. E o pior, de falar o que penso! Isso é gravíssimo!!!
Tati Bernardi é muito sábia quando diz: “uma mulher que fala o que pensa já é um perigo, imagina uma que escreve?”
Cuidado amigos! Sou o perigo em pessoa! Kkkkk.
E pra vocês verem como essa preocupação gerou movimento (isso que importa! Ficar paralisada é que não pode) voltei pra contar que voltei! Também quero contar que fiquei furiosa ao descobrir que essa outra “Kátia Leal” anda se passando por mim!
“Eu? Conversa picante por skype? Como assim!? Não estou entendendo nada! Psiu! Você realmente me conhece?”
Mas, quem me conhece, sabe que se algo me incomoda, vou até o fim! Corri atrás do prejuízo. Denuncia na Microsoft, B.O, aviso no facebook, desculpas aos envolvidos. Sem me contentar, fui além! Então, com um pequeno auxilio, me loguei como o suposto amigo da minha “fake” e tudo o que eu precisava era que ela me respondesse!
Pronto! Resposta dada, IP registrado e agora com essa informação chegarei ao responsável, ou melhor, a investigação chegará!
Nessas horas, o dinheiro não é nada! MasterCard então, pra quê? O importante são os amigos! Nessa operação só contei com três: um amigo de TI (Junior Oliveira), outro advogado (Cristiano Magalhães) e, por ultimo, uma investigadora (Elke Gazola).
Para minha “fake”, beijinho no ombro! Pois, perspicaz como eu, só nascendo de novo!

Anúncios

Ações

Information

One response

8 05 2014
Aluondy

Very carefully! Mr. Alf is a criminal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: