Um brinde ao Amor!!!

6 06 2016

Brinde 2Segunda-feira, seis de junho de 2016, digamos que entramos numa semana bem romântica, próxima ao dia dos namorados…

Eu tinha feito uma pausa no trabalho para definir alguns horários na academia e resolvi almoçar antes de resolver tais pendências. O restaurante escolhido foi a Cantina da Nena (propaganda a parte, mas é a melhor opção italiana dentro do shopping Vale Sul).

Um casal na mesa ao lado pede uma garrafa de vinho branco. Garrafa de vinho branco. Às 12h15. Em plena segunda-feira. Quero levantar e pedir uma salva de palmas. Quero sentar com eles e pedir uma taça também…

Sentei, fiz o pedido, abri o meu bloquinho laranja e comecei a escrever todos os meus gastos diários, já que essa atividade foi solicitada pelo Coach Financeiro Silvio Bianchi, num dos cursos oferecidos pela empresa.

Então o garçom desfila com aquela garrafa suada, reluzente, de vinho branco geladinho e estaciona na mesa ao lado.

Não consegui parar de prestar atenção ao casal. Mesmo sendo do tipo que não presta atenção em nada quando estou com fome, quando estou em um lugar de que gosto muito, quando não tenho o menor interesse em gente que não conheço, quando está tocando The Cramberries.

Olho pelo canto do olho e vejo que eles não têm mais do que 28 ou 29 anos. Eles falam de vários assuntos. Planejam fazer uma viagem. Ela divaga sobre como podem economizar. O garçom serve as duas taças. Ele tem um sorriso lindo e ela uma bolsa da Gucci de dar inveja. Ele cochicha algo no ouvido dela. Ela revira os olhos. Será que não gostou?

Estou apaixonada por aquele casal, que fala de vários assuntos, que planejam viajar, que toma vinho branco, se distrai com assuntos de como podem economizar, tudo isso numa segunda-feira à tarde.

Num acesso de inveja, fechei o bloquinho, isso pode esperar. Pedi uma taça do mesmo vinho, entrei no app da Decolar comecei a ver pacotes de viagens antes de chegar meu prato.

Nossos olhos se cruzaram no espelho. Cúmplices no vinho e nos planos de viajar. Eles não sabiam. Nem precisava.

Queria agradecer. Me livraram do bloquinho, dos compromissos adiáveis, pois não cheguei a ir na academia. Utilizei todo meu horário de almoço com uma massa deliciosa, uma taça de vinho e o planejamento de uma viagem. Me acordaram para a vida que vale a pena. Aquela que acontece também durante as pausas do almoço do trabalho, as pausas do intervalo do curso e as pausas de um relacionamento e outro…

Com essa vida frenética, cheia de lamentações de como estão os relacionamentos atuais, às vezes, me esqueço, o mundo continua sendo dos românticos. E dos que bebem vinho no meio de uma tarde de segunda-feira. 

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: